Programa “Fantástico” da Globo

A SOCIEDADE PARAGUAIA RECLAMA DE INFORMAÇÃO PUBLICADA NO FANTASTICO‏. Enviado el 30/11/2009

“Em função da informação não procedente prestada por este órgão de comunicação através do programa dominical Fantástico, no ultimo domingo, 29 de novembro, o Núcleo Cultural Guarani Paraguay Teete, entidade com sede em São Paulo e atuação no pais, gostaria de expressar sua profunda tristeza e lamentação sobre o equívoco cometido pela produção do programa, principalmente porque a Globo representa liderança de audiência no Brasil.

A sociedade paraguaia, que tomou conhecimento sobre a matéria,  ficou perplexa com a noticia veiculada pela emissora, pois também houve grande repercussão sobre o assunto nos jornais paraguaios.

O principal trabalho do Núcleo Cultural Guarani Paraguay Teete é divulgar tudo que envolve a cultura do nosso país e, na realidade, lutar para que muitas idéias preconceituosas possam ser esclarecidas. Nossa experiência, para os paraguaios que há anos moramos no Brasil, é que quando a noticia é negativa, a informação é transmitida nos mínimos detalhes, dando a impressão de que antes de ser divulgada passou por um intenso processo de investigação jornalística, o que de fato deveria acontecer. Mas também é um desejo nosso que novidades sobre nossa cultura possam ter o mesmo padrão de qualidade de uma boa reportagem.
Esperamos que um meio de comunicação jornalístico de grande porte e prestígio como a rede globo, e principalmente de um programa de enorme audiência como o Fantástico, possa apresentar uma errata, ou um pedido de desculpas aos quase 70 mil paraguaios residentes no Brasil e aos seis milhões de paraguaios que fazem parte de um povo humilde, hoje muito sofrido, mas, no entanto honesto e com os mesmos valores e direitos de qualquer outra nação. Só assim, com o apóio dos veículos de comunicação poderemos ser reconhecidos como um país que, além dos fatores negativos possui sua riqueza cultural.
Para adicionar conhecimento cultural aos editores do referido programa e respaldar a própria reclamação apresentada acima, o Núcleo Cultural Guarani Paraguay Teete esclarece que, “O ritmo da guarania nasceu no Paraguai em 1925, pelas mãos do maestro José Asunción Flores como uma nova forma de expressão musical. Na mesma época, o músico, compositor e amigo de Flores, Herminio Giménez adere fervorosamente ao estilo musical e lança várias composições como Lejanía, Mi oración azul, Canción de Esperanza, Alto Paraná, Che novia kue mí, Canción del Arpa dormida, Canto de mi selva e muitas outras.

Segundo Ramón Cáceres, artista paraguaio que há 40 anos mora na cidade de São Paulo, a obra Lejanía, conhecida no Brasil como “Meu primeiro amor”, é de autoria do músico e letrista paraguaio Hermínio Gimenez, que criaou-a no ano 1937 em Buenos Aires, Argentina. Ramón Cáceres ainda conta que teve a oportunidade de conhecer pessoalmente Hermínio Giménez, além de ter compartilhado muitos cenários e gravações com o grande compositor paraguaio.

Posteriormente, no ano 1950, o brasileiro José Fortuna fez a versão livre de várias obras musicais paraguaias como Lejania, sob o nome “Meu primeiro amor”, além da música Índia, que pertence ao também compositor e poeta paraguaio José Asunción Flores.

Concluindo nosso apelo, solicitamos gentilmente à produção do Fantástico que esclareça a informação transmitida no último dia 29. A música “Meu primeiro amor” é originalmente paraguaia e forma parte dos clássicos da música popular do Paraguai, criada no ano 1937 pelo maestro e compositor paraguaio Herminio Gimenez e cuja versão livre veio depois, pelas mãos do brasileiro Jose Fortuna, no ano 1950.

O Núcleo aguarda um retorno e, desde já, agradece a atenção.

Veja a repercusão na mídia paraguaia:

http://www.abc.com.py/espectaculos/red-globo-presenta-musica-paraguaya-como-brasilena-45941.html

http://www.ultimahora.com/notas/278790 Brasilenos-se-apropian-de-la-guarania-Lejania

http://www.ultimahora.com/notas/279924-Embajada-paraguaya-en-Brasil-exige-rectificacion-sobre-guarania

Anúncios

Sobre paraguaiteete

O Núcleo Cultural Guarani “Paraguay Teete” nasceu em junho de 2009 em São Paulo, Brasil, da mão de admiradores da cultura guarani residentes nessa cidade para difundir a rica cultura da República do Paraguai. Dentre os principais objetivos do Núcleo, podemos destacar: 1. Gerar uma imagem diferente daquela que muitos brasileiros têm do país (como por exemplo, a ideia de que o Paraguai se reduz a Ciudad del Este) por meios de eventos culturais tais como apresentações de documentários, palestras, gastronomia, música e cursos. 2. Fortalecer a identidade cultural de paraguaios e descendentes residentes no Brasil por meio da difusão permanente da cultura e da língua Guarani. 3. Proporcionar espaços e contatos para os profissionais paraguaios das diferentes modalidades artísticas, dando-lhes a possibilidade de ter acesso ao rico circuito cultural brasileiro e, em contrapartida, oferecer a mesma oportunidade para brasileiros que queiram conhecer ou desfrutar da autêntica cultura paraguaia. 4. Defender a dignidade, a imagem e a história do Paraguai e dos seus descendentes perante situações discriminatórias, tratos pejorativos, piadas e chacotas que a mídia do Brasil vem produzindo constantemente. 5. Acionar a Polícia Federal contra criminoso que usam a internet para caluniar com comentários racistas que violem a Lei Nº 7.716/89: Art. 1° diz “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Assim como o Art. 20° que diz “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. El Núcleo en castellano: El Núcleo Cultural Guaraní "Paraguay Teete" nació en junio de 2009 en la ciudad de São Paulo, Brasil, de la mano de admiradores de la cultura guarani residentes en esta ciudad para difundir la rica cultura de la República del Paraguay. Entre los objetivos se encuentran: 1. Generar una imagen diferente de la que los brasileños tienen del país (entre otras ideas de que piensan que Paraguay se reduce a Ciudad del Este). 2. Fortalecer la identidad cultural del paraguayo y de sus desendientes residentes en el Brasil a través de la difusión permanente de la Cultura Guaraní resaltando siempre el idioma Guaraní. 3. Proporcionar espacios y contactos para los profesionales de las diferentes modalidades artísticas, dándoles la posibilidad de acceder al rico circuito cultural brasileño y a
Esse post foi publicado em Cartas e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s