Folha de São Paulo – “Natal Paraguaio”

Leia a materia: NATAL PARAGUAIO PDF FOLHA 281210

O Núcleo Cultural Guarani Paraguay Teete [1] – grupo formado por paraguaios residentes no Brasil, e descendentes de paraguaios, que se dedica à divulgação da cultura e história do Paraguai no país – vem através desta carta manifestar seu repúdio com relação à reportagem publicada no passado 28 de novembro (domingo), no caderno “Mercado”, na página B10. O título da reportagem, “Natal Paraguaio”.

Nossa inquietação se fundamenta na maneira como o país é apresentado ao longo da reportagem ao colocar o Paraguai como alvo de escárnio e preconceito através de diversos comentários, por sinal, mal explicados. Sem formalidade, nem objetividade, a matéria parece mais uma crônica, pela linguagem coloquial e a narrativa intimista.

A expressão “sacoleiros do Paraguai” não esclarece a nacionalidade das pessoas que vão às compras. Assim também, não se sabe a nacionalidade dos donos e motoristas dos ônibus clandestinos, nem da “mulher fortona” que organiza a viagem. Outras afirmações utilizadas para descrever os passageiros foram “A loira tingida Márcia…”, “O japonês Ronaldo…”, “… o quase obeso André…” e outros não menos depreciativos.

A certa altura do relato, as repórteres mencionam estatísticas da Receita Federal e referem-se às “… mercadorias irregulares do Paraguai”. Esta expressão e aquela que diz “sacoleiros do Paraguai” não explicam que são os brasileiros que introduzem mercadorias contrabandeadas no próprio país, porém, coloca o Paraguai como responsável de uma questão muito complexa e de tríplice fronteira. É como botar a culpa do narcotráfico do Rio de Janeiro nas mãos do governador.

Como a Folha de São Paulo é considerada um dos maiores jornais do país e um veículo de comunicação formador de opinião, o Núcleo não podia deixar de manifestar sua indignação por uma reportagem como esta. Afinal, a pergunta que nos invade é se as repórteres conhecem o Paraguai, ou foram realizar uma matéria com uma pauta preconcebida.

Este tipo de matérias representa para nós, membros do Núcleo, uma luta diária, afinal, não discutimos o trabalho de um jornalista que quer informar, mas a forma como a notícia é colocada, com deboche e de forma pejorativa.

O Núcleo conta com uma equipe de colaboradores especializados para qualquer esclarecimento ou informação sobre a história e cultura do Paraguai. Assim, colocamo-nos à disposição caso haja necessidade.

 Atenciosamente,


[1] Paraguay Teete: Expressão em guarani que quer dizer “Paraguay verdadeiro, autêntico”.

São Paulo, 01 de Dezembro de 2010

Anúncios

Sobre paraguaiteete

O Núcleo Cultural Guarani “Paraguay Teete” nasceu em junho de 2009 em São Paulo, Brasil, da mão de admiradores da cultura guarani residentes nessa cidade para difundir a rica cultura da República do Paraguai. Dentre os principais objetivos do Núcleo, podemos destacar: 1. Gerar uma imagem diferente daquela que muitos brasileiros têm do país (como por exemplo, a ideia de que o Paraguai se reduz a Ciudad del Este) por meios de eventos culturais tais como apresentações de documentários, palestras, gastronomia, música e cursos. 2. Fortalecer a identidade cultural de paraguaios e descendentes residentes no Brasil por meio da difusão permanente da cultura e da língua Guarani. 3. Proporcionar espaços e contatos para os profissionais paraguaios das diferentes modalidades artísticas, dando-lhes a possibilidade de ter acesso ao rico circuito cultural brasileiro e, em contrapartida, oferecer a mesma oportunidade para brasileiros que queiram conhecer ou desfrutar da autêntica cultura paraguaia. 4. Defender a dignidade, a imagem e a história do Paraguai e dos seus descendentes perante situações discriminatórias, tratos pejorativos, piadas e chacotas que a mídia do Brasil vem produzindo constantemente. 5. Acionar a Polícia Federal contra criminoso que usam a internet para caluniar com comentários racistas que violem a Lei Nº 7.716/89: Art. 1° diz “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Assim como o Art. 20° que diz “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. El Núcleo en castellano: El Núcleo Cultural Guaraní "Paraguay Teete" nació en junio de 2009 en la ciudad de São Paulo, Brasil, de la mano de admiradores de la cultura guarani residentes en esta ciudad para difundir la rica cultura de la República del Paraguay. Entre los objetivos se encuentran: 1. Generar una imagen diferente de la que los brasileños tienen del país (entre otras ideas de que piensan que Paraguay se reduce a Ciudad del Este). 2. Fortalecer la identidad cultural del paraguayo y de sus desendientes residentes en el Brasil a través de la difusión permanente de la Cultura Guaraní resaltando siempre el idioma Guaraní. 3. Proporcionar espacios y contactos para los profesionales de las diferentes modalidades artísticas, dándoles la posibilidad de acceder al rico circuito cultural brasileño y a
Esse post foi publicado em Cartas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s