A guerra do Paraguai, o Mercosul e a atual crise paraguaia: novas visões e debates.

Batalha de Campo Grande – tela de Pedro Américo

Batalha de Campo Grande – tela de Pedro Américo

A Fundação Memorial da América Latina apresenta a mesa-redonda “A Guerra do Paraguai (A guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai como é conhecido no Paraguai), o Mercosul e a atual crise paraguaia: novas visões e debates, na sexta, 14 de setembro, às 19h30, no auditório da Biblioteca Latino-americana Victor Civita, com entrada franca.

Entender a Guerra do Paraguai (1864-1870), o maior conflito bélico da América Latina, é entender o próprio Brasil e as dificuldades de consolidação do Mercado Comum do Sul (Mercosul), formado em 1991 a partir do Tratado de Assunção, pelos países que participaram daquele conflito: Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai. É essencial, também, para compreender a queda da monarquia de D. Pedro II e o surgimento da República, além da ascensão do exército enquanto fator determinante na política.

Apesar do tempo passado desde o episódio, que também ajudou a definir as fronteiras brasileiras na região Sul, o debate permitirá entender, ainda, a dinâmica da crise atual do Paraguai, país hoje suspenso do Mercosul e punido pelos demais membros do grupo econômico pela derrubada de um presidente eleito, Fernando Lugo, bem como a relação entre os brasiguaios – cerca de 400 mil brasileiros que vivem no país vizinho, onde atuam como agricultores – e as instâncias de poder no Paraguai, nação na qual o Brasil tem sido visto na imprensa, recentemente, como um país imperialista.

Participam do debate o historiador Francisco Fernando Monteoliva Doratioto – mestre e doutor em História das Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UnB), professor do Departamento de História da mesma universidade e autor de “Maldita Guerra – Nova História da Guerra do Paraguai” (Companhia das Letras), um dos mais importantes livros já lançados sobre o tema – o jornalista e historiador Moacir Assunção – pós-graduado em Ciências Sociais pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo e mestrando em História pela PUC-SP. Professor do curso de Comunicação Social da Universidade São Judas Tadeu (USJT), jornalista com passagens pelos jornais O Estado de S. Paulo, Diário Popular (atual Diário de S. Paulo) e Jornal de Brasília. Escreveu “Nem heróis nem vilões – curepas, caboclos, cambás e macaquitos e outras revelações da sangrenta Guerra do Paraguai” (Editora Record), que estará sendo autografado pelo autor durante o evento.

Francisco Fernando Monteoliva Doratioto é autor do livro “Maldita Guerra”.

Francisco Fernando Monteoliva Doratioto é autor do livro “Maldita Guerra”.

Serviço:

O que: Mesa-redonda ”A Guerra do Paraguai, o Mercosul e a atual crise paraguaia: novas visões e debates

Quem: Francisco Fernando Monteoliva Doratioto e Moacir Assunção

Quando: sexta, 14 de setembro, 19h30

Onde: Auditório da Biblioteca Latino-americana Victor Civita

Quanto: Entrada Franca

Obs.: não é necessária inscrição prévia (serão emitidos certificados de presença).

Mais informações: eventoscbeal@memorial.sp.gov.br Tel.: (11) 3823-4780

Fonte: http://www.memorial.org.br/2012/09/a-guerra-do-paraguai-o-mercosul-e-a-atual-crise-paraguaia-novas-visoes-e-debates

Anúncios

Sobre paraguaiteete

O Núcleo Cultural Guarani “Paraguay Teete” nasceu em junho de 2009 em São Paulo, Brasil, da mão de admiradores da cultura guarani residentes nessa cidade para difundir a rica cultura da República do Paraguai. Dentre os principais objetivos do Núcleo, podemos destacar: 1. Gerar uma imagem diferente daquela que muitos brasileiros têm do país (como por exemplo, a ideia de que o Paraguai se reduz a Ciudad del Este) por meios de eventos culturais tais como apresentações de documentários, palestras, gastronomia, música e cursos. 2. Fortalecer a identidade cultural de paraguaios e descendentes residentes no Brasil por meio da difusão permanente da cultura e da língua Guarani. 3. Proporcionar espaços e contatos para os profissionais paraguaios das diferentes modalidades artísticas, dando-lhes a possibilidade de ter acesso ao rico circuito cultural brasileiro e, em contrapartida, oferecer a mesma oportunidade para brasileiros que queiram conhecer ou desfrutar da autêntica cultura paraguaia. 4. Defender a dignidade, a imagem e a história do Paraguai e dos seus descendentes perante situações discriminatórias, tratos pejorativos, piadas e chacotas que a mídia do Brasil vem produzindo constantemente. 5. Acionar a Polícia Federal contra criminoso que usam a internet para caluniar com comentários racistas que violem a Lei Nº 7.716/89: Art. 1° diz “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Assim como o Art. 20° que diz “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. El Núcleo en castellano: El Núcleo Cultural Guaraní "Paraguay Teete" nació en junio de 2009 en la ciudad de São Paulo, Brasil, de la mano de admiradores de la cultura guarani residentes en esta ciudad para difundir la rica cultura de la República del Paraguay. Entre los objetivos se encuentran: 1. Generar una imagen diferente de la que los brasileños tienen del país (entre otras ideas de que piensan que Paraguay se reduce a Ciudad del Este). 2. Fortalecer la identidad cultural del paraguayo y de sus desendientes residentes en el Brasil a través de la difusión permanente de la Cultura Guaraní resaltando siempre el idioma Guaraní. 3. Proporcionar espacios y contactos para los profesionales de las diferentes modalidades artísticas, dándoles la posibilidad de acceder al rico circuito cultural brasileño y a
Esse post foi publicado em Eventos e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s