O preconceito em forma de verbete

Quem acessar a página eletrônica do Dicionário Informal (www.dicionarioinformal.com.br) e digitar “Paraguai” na barra de busca se deparará com uma forma banal de preconceito, apresentada sob a forma de verbete.

No site, o nome do país é hostilizado em pelo menos dois momentos. Primeiramente, apresenta-se a palavra “falso” como sinônimo de “Paraguai”. Depois, explicita-se essa relação, afirmando-se que “Paraguai significa dizer que alguém ou alguma coisa não e verdadeiro!!! (sic)”, algo reforçado, na sequência, por exemplos de extremo mal gosto.

2013-03-11 23.59.10

2013-03-12 00.00.17

Pode-se dizer que o caso consiste na exposição textualizada de um preconceito arraigado na mentalidade de muita gente no Brasil, que, além de expressá-lo em programas televisivos, periódicos impressos e até conversas informais de bar, agora faz questão de escrevê-lo e consagrá-lo como parte “natural” da língua portuguesa.

2013-03-11 23.57.07

No entanto, ofensas, desrespeito e discriminação contra povos estrangeiros não são nada natural, assim como não deveria ser a irresponsabilidade e a inconsequência de quem os propaga ou é conivente a isso. Entendemos que o site Dicionário Informal tem boa parte de seu conteúdo formulado por usuários, que estão livres para escreverem o que bem desejarem. Contudo, não parece ser correto os responsáveis pelo domínio se isentarem totalmente de responsabilidade pelo quê é publicado, pois, como se percebe, sua página eletrônica pode muito bem, no final, tornar-se uma via para a propagação de ideias discriminatórias e veiculação de estereótipos, que, por sua vez, podem prejudicar, na prática, a vida de muitas pessoas que fazem suas vidas com muita dignidade em solo brasileiro.

Na descrição do site lê-se: “O dicionário de português gratuito para internet, onde as palavras são definidas pelos usuários. Uma iniciativa de documentar on-line a evolução do português”. Diante disso, apenas perguntamos: e o respeito, quando é que vamos defini-lo juntos? E quanto à evolução moral, tem espaço para ela também?

Anúncios

Sobre paraguaiteete

O Núcleo Cultural Guarani “Paraguay Teete” nasceu em junho de 2009 em São Paulo, Brasil, da mão de admiradores da cultura guarani residentes nessa cidade para difundir a rica cultura da República do Paraguai. Dentre os principais objetivos do Núcleo, podemos destacar: 1. Gerar uma imagem diferente daquela que muitos brasileiros têm do país (como por exemplo, a ideia de que o Paraguai se reduz a Ciudad del Este) por meios de eventos culturais tais como apresentações de documentários, palestras, gastronomia, música e cursos. 2. Fortalecer a identidade cultural de paraguaios e descendentes residentes no Brasil por meio da difusão permanente da cultura e da língua Guarani. 3. Proporcionar espaços e contatos para os profissionais paraguaios das diferentes modalidades artísticas, dando-lhes a possibilidade de ter acesso ao rico circuito cultural brasileiro e, em contrapartida, oferecer a mesma oportunidade para brasileiros que queiram conhecer ou desfrutar da autêntica cultura paraguaia. 4. Defender a dignidade, a imagem e a história do Paraguai e dos seus descendentes perante situações discriminatórias, tratos pejorativos, piadas e chacotas que a mídia do Brasil vem produzindo constantemente. 5. Acionar a Polícia Federal contra criminoso que usam a internet para caluniar com comentários racistas que violem a Lei Nº 7.716/89: Art. 1° diz “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Assim como o Art. 20° que diz “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. El Núcleo en castellano: El Núcleo Cultural Guaraní "Paraguay Teete" nació en junio de 2009 en la ciudad de São Paulo, Brasil, de la mano de admiradores de la cultura guarani residentes en esta ciudad para difundir la rica cultura de la República del Paraguay. Entre los objetivos se encuentran: 1. Generar una imagen diferente de la que los brasileños tienen del país (entre otras ideas de que piensan que Paraguay se reduce a Ciudad del Este). 2. Fortalecer la identidad cultural del paraguayo y de sus desendientes residentes en el Brasil a través de la difusión permanente de la Cultura Guaraní resaltando siempre el idioma Guaraní. 3. Proporcionar espacios y contactos para los profesionales de las diferentes modalidades artísticas, dándoles la posibilidad de acceder al rico circuito cultural brasileño y a
Esse post foi publicado em Prensa / Imprensa e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s