O tereré paraguaio e outras tradições

O ilustrador Pedro Cuevas comemora o Bicentenário da Independência do Paraguai.

1377093708_472537_1377099544_noticia_normal
Pedro Cuevas

No Paraguai, bebe-se o Tereré nos eventos sociais. Um chá de erva mate refrescante, servido em uma cuia batizada de “guampa”, em forma de chifre e feita de plástico, metal ou madeira, impossível de passar despercebido se visitamos este país sul-americano. Pedro Cuevas, estudante do terceiro ano de desenho gráfico e residente da cidade de Villa Elisa, a apenas 16 quilômetros de Asunción, desenhou um desses recipientes, também de uso tradicional em Argentina, Panamá, Uruguai e Chile, para comemorar o Bicentenário da Independência da Espanha (1811-2011), dois anos atrás.

Para o “Se Busca Talento”, este latino, de 23 anos, participa também com ilustrações sobre o ano novo, o rock and roll e o Pinóquio. Em várias de suas obras, que ao longo da conversa telefônica Cuevas qualifica como minimalistas, utilizam-se palavras em guarani (idioma oficial do Paraguai), em que as letras adquirem vida. Por exemplo: em Pila’i (cansaço), a vogal “i” representa uma bateria com um percentual mínimo de carga; e em Kaigue (preguiça) e Pirakuto (tirar um cochilo), a mesma letra é um homem sem energia. Em outro de seus desenhos, a vida profissional de Muhammad Ali foi a desculpa perfeita para descrever o fim do ano. Na imagem, o boxeador encarna o número 2013, que derruba a golpes o 2012. Uma mulher de costas e desnuda, que sustenta uma guitarra elétrica, protagoniza a ilustração seguinte. Em outra, chamada “maus negócios”, o particular pássaro louco (pica-pau) de Walter Lantz agride Pinóquio. E as demais são pura criação que recria os estados de ânimo deste amador.

Em 2008, Cuevas deixou seus estudos de marketing por esta vocação que, hoje em dia, afiança com a elaboração de catálogos, cartazes e folhetos para a Electroban (empresa de venda de eletrodomésticos). “Quando me levanto com a cabeça inquieta porque vi um documentário ou filme, então me sento para criar. Sempre busco uma imagem que transmita algo gracioso”, assegura este artista, que segue de perto o blog Roc 21 desde o primeiro ano de universidade.

“O que mais me agrada são as ilustrações simples, com cores lisas, que não te exigem buscar e buscar seu significado para entendê-las”, diz, enquanto enumera seus desenhistas gráficos preferidos, tais como o israelense Avinoam Noma Bar, o espanhol Tony Centeno e o estadunidense Tom Whalen. O paraguaio diz que os segue de perto pelo nível de detalhe de cada uma de suas peças. Sobre a América Latina, opina que está se “animando”. “Me encanta como Pablo Lobato (argentino), com figuras geométricas, consegue pintar a cara de vários presidentes”, relata Cuevas, trazendo a obra que Lobato fez sobre Evo Morales.

Fonte: Elizabeth Ramírez Restrepo, El País (Espanha), 21 de agosto de 2013.
Link: http://cultura.elpais.com/cultura/2013/08/21/actualidad/1377093708_472537.html

Anúncios

Sobre paraguaiteete

O Núcleo Cultural Guarani “Paraguay Teete” nasceu em junho de 2009 em São Paulo, Brasil, da mão de admiradores da cultura guarani residentes nessa cidade para difundir a rica cultura da República do Paraguai. Dentre os principais objetivos do Núcleo, podemos destacar: 1. Gerar uma imagem diferente daquela que muitos brasileiros têm do país (como por exemplo, a ideia de que o Paraguai se reduz a Ciudad del Este) por meios de eventos culturais tais como apresentações de documentários, palestras, gastronomia, música e cursos. 2. Fortalecer a identidade cultural de paraguaios e descendentes residentes no Brasil por meio da difusão permanente da cultura e da língua Guarani. 3. Proporcionar espaços e contatos para os profissionais paraguaios das diferentes modalidades artísticas, dando-lhes a possibilidade de ter acesso ao rico circuito cultural brasileiro e, em contrapartida, oferecer a mesma oportunidade para brasileiros que queiram conhecer ou desfrutar da autêntica cultura paraguaia. 4. Defender a dignidade, a imagem e a história do Paraguai e dos seus descendentes perante situações discriminatórias, tratos pejorativos, piadas e chacotas que a mídia do Brasil vem produzindo constantemente. 5. Acionar a Polícia Federal contra criminoso que usam a internet para caluniar com comentários racistas que violem a Lei Nº 7.716/89: Art. 1° diz “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Assim como o Art. 20° que diz “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. El Núcleo en castellano: El Núcleo Cultural Guaraní "Paraguay Teete" nació en junio de 2009 en la ciudad de São Paulo, Brasil, de la mano de admiradores de la cultura guarani residentes en esta ciudad para difundir la rica cultura de la República del Paraguay. Entre los objetivos se encuentran: 1. Generar una imagen diferente de la que los brasileños tienen del país (entre otras ideas de que piensan que Paraguay se reduce a Ciudad del Este). 2. Fortalecer la identidad cultural del paraguayo y de sus desendientes residentes en el Brasil a través de la difusión permanente de la Cultura Guaraní resaltando siempre el idioma Guaraní. 3. Proporcionar espacios y contactos para los profesionales de las diferentes modalidades artísticas, dándoles la posibilidad de acceder al rico circuito cultural brasileño y a
Esse post foi publicado em Prensa / Imprensa e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s