Língua Guarani se torna idioma oficial de trabalho do Parlamento do Mercosul

Fonte: Parlamento do Mercosul, 7 de março de 2014.
Link: http://www.parlamentodelmercosur.org/innovaportal/v/8222/2/parlasur/lingua_guarani_se_torna_idioma_oficial_de_trabalho_do_parlamento_do_mercosul.html

Parlasul

Assunção, 7 de março de 2014.
-O Presidente da Delegação Paraguaia no Parlasul, Parlamentar Alfonso González Núñez, manifestou que “É um fato histórico para nosso país que o Parlamento do Mercosul incorpore nossa língua Guarani como idioma oficial tanto para o uso nas Sessões como os documentos emanados do órgão. O guarani forma parte da nossa identidade como povo, é um idioma que se fala em vários países, como Argentina, Brasil, Bolívia e Uruguai, se tornando dessa forma na língua americana mais falada na Latino-America”.

O Presidente do Parlamento do Mercosul, o deputado uruguaio Rubén Martínez Huelmo valorou a importância do guarani para a região. “A historia fala claramente que se tentou fazê-la desaparecer e não o conseguiram” é um idioma que não desaparecerá por ser uma língua do povo. Destacou a importância deste fato, e que para este efeito se contratarão tradutores que formarão parte do corpo de tradutores do Parlamento. Também manifestou que buscará retomar o ensino da língua guarani na Faculdade de Humanidades da Universidade da República do Uruguai, como veio se fazendo em anos anteriores.

Por sua parte, a Dra. Ladislaa Alcaraz de Silvero, Ministra de Políticas Linguistas ressaltou o significativo ato, através do qual, um Organismo Internacional como o Parlamento do Mercosul, se torna pioneiro no uso da língua guarani em seus trabalhos. “Com isto o guarani se fará mais forte…”.

Participaram do encontro: Parlamentares do Mercosul do Paraguai Miguel González Erico, Ricardo Canese, Zacarías Vera Cárdenas, Eduardo Bernal, Ricardo Canese, Juan Alberto Denis, Concepción Cubas de Villaalta, Miguel Sosa e Mirtha Palacios.

Também participaram o Embaixador do Uruguai, Federico Perazza, o Embaixador da Venezuela, Alfredo Murga Pires, a Embaixadora da Bolívia, Sandra Elizabeth Rodríguez Campoi, o Embaixador da Coréia, Myung Jae Hahn, a Ministra Secretaria da Cultura, Mabel Causarano, o Coordenador da academia da língua guaraní, Amidio Milciades Aquino Arguello, Representante da Vice-Presidência da República, Yolanda Valdez, Representante da Embaixada do Brasil, Thais Valerio de Mesquita – 2da. Secretaria, Representante da Embaixada Argentina, Rodrigo Miranda – 2do. Secretario, Representante do Vice Ministério da Educação Superior Salvadora Gimenez, assim como acadêmicos e outros representantes.

Anúncios

Sobre paraguaiteete

O Núcleo Cultural Guarani “Paraguay Teete” nasceu em junho de 2009 em São Paulo, Brasil, da mão de admiradores da cultura guarani residentes nessa cidade para difundir a rica cultura da República do Paraguai. Dentre os principais objetivos do Núcleo, podemos destacar: 1. Gerar uma imagem diferente daquela que muitos brasileiros têm do país (como por exemplo, a ideia de que o Paraguai se reduz a Ciudad del Este) por meios de eventos culturais tais como apresentações de documentários, palestras, gastronomia, música e cursos. 2. Fortalecer a identidade cultural de paraguaios e descendentes residentes no Brasil por meio da difusão permanente da cultura e da língua Guarani. 3. Proporcionar espaços e contatos para os profissionais paraguaios das diferentes modalidades artísticas, dando-lhes a possibilidade de ter acesso ao rico circuito cultural brasileiro e, em contrapartida, oferecer a mesma oportunidade para brasileiros que queiram conhecer ou desfrutar da autêntica cultura paraguaia. 4. Defender a dignidade, a imagem e a história do Paraguai e dos seus descendentes perante situações discriminatórias, tratos pejorativos, piadas e chacotas que a mídia do Brasil vem produzindo constantemente. 5. Acionar a Polícia Federal contra criminoso que usam a internet para caluniar com comentários racistas que violem a Lei Nº 7.716/89: Art. 1° diz “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Assim como o Art. 20° que diz “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. El Núcleo en castellano: El Núcleo Cultural Guaraní "Paraguay Teete" nació en junio de 2009 en la ciudad de São Paulo, Brasil, de la mano de admiradores de la cultura guarani residentes en esta ciudad para difundir la rica cultura de la República del Paraguay. Entre los objetivos se encuentran: 1. Generar una imagen diferente de la que los brasileños tienen del país (entre otras ideas de que piensan que Paraguay se reduce a Ciudad del Este). 2. Fortalecer la identidad cultural del paraguayo y de sus desendientes residentes en el Brasil a través de la difusión permanente de la Cultura Guaraní resaltando siempre el idioma Guaraní. 3. Proporcionar espacios y contactos para los profesionales de las diferentes modalidades artísticas, dándoles la posibilidad de acceder al rico circuito cultural brasileño y a
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s