Primeiro coro indígena mbyá guaraní se prepara para cantar em latim

25 crianças e jovens integram o primeiro coro indígena mbyá guaraní, que prepara um repertório barroco das Missões Jesuíticas. O grupo coral atuará no próximo 3 de agosto em Trinidad (Itapúa).

Fonte: Sergio Noé. Última Hora (Paraguai), 23 de julho de 2014. Tradução livre.
Link: http://m.ultimahora.com/primer-coro-indigena-mbya-guarani-se-prepara-cantar-latin-n814415.html

A 30 quilômetros de Encarnación estão localizados os indígenas mbyá guaraní, da comunidade Guavirami, da cidade de Trinidad (Departamento de Itapúa), de onde surgiram 25 talentos que, agora, integram um coro polifônico, que é dirigido pela soprano Cristina Vera-Díaz.

“Como há 400 anos se dava na época da presença jesuíta no Paraguai, hoje em dia os indígenas têm a mesma predisposição à música. Ensino-os a cantar em latim, em particular, a música do compositor Domenico Zipoli e outros anônimos encontrados nas reduções”, revela a profissional, que reside atualmente em Trinidad e que impulsionou a iniciativa.

Vera-Díaz detalha que o coro é integrado por meninas sopranos de 11 a 14 anos, meninos contraltos de 7 a 10 anos e jovens tenores de 20 a 30 anos. “No caso das sopranos, as vozes são muito naturais. Não foi difícil trabalhar o repertório barroco missioneiro com elas, e assim foi também com os contraltos e os tenores lírico-ligeiros. Têm muita afinação e sentido de ritmo”, comentou a cantora. Acrescentou que os mbyá têm “sede de aprender”, já que demonstram muito interesse durante os ensaios, e “não são preguiçosos, como em alguns casos se deseja caracterizá-los”.

Coro mbyá guaraní
Coro dos indígenas de Trinidad

PREPARAÇÃO

Os ensaios da formação vocal se iniciaram em 7 de maio deste ano, e o grupo se apresentará no próximo domingo, dia 3 de agosto, no concerto que será realizado nas Reduções Jesuíticas de Trinidad, no marco de Comemoração do Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus.

A direção artística do concerto comemorativo está a cargo do maestro Luis Szarán, em coordenação com os jesuítas do Paraguai.

Expressou que está preparando o coro para cantar um Laudate Dominum, do compositor Domenico Zipoli, e um Dios te Salve María, uma peça sacra anônima, encontrada em uma das Reduções Jesuíticas. Vera-Díaz aponta que o coro canta a três vozes, sem o registro vocal do baixo, esclarecendo que as obras de Zipoli foram compostas desse modo.

“A predisposição ao canto, a capacidade de concentração e de memória, assim como a capacidade de assimilar as técnicas vocais são ótimas. Logo aprenderão a leitura musical”, afirmou a professora, que realiza ensaios diários de duas horas com os indígenas. Expressou que este projeto coral teria sequência com o programa Sonidos de la Tierra. “No futuro, queremos incorporar a parte instrumental, já que os indígenas são bons nisso, como já afirmavam os missioneiros há 400 anos”, finaliza a soprano.

Anúncios

Sobre paraguaiteete

O Núcleo Cultural Guarani “Paraguay Teete” nasceu em junho de 2009 em São Paulo, Brasil, da mão de admiradores da cultura guarani residentes nessa cidade para difundir a rica cultura da República do Paraguai. Dentre os principais objetivos do Núcleo, podemos destacar: 1. Gerar uma imagem diferente daquela que muitos brasileiros têm do país (como por exemplo, a ideia de que o Paraguai se reduz a Ciudad del Este) por meios de eventos culturais tais como apresentações de documentários, palestras, gastronomia, música e cursos. 2. Fortalecer a identidade cultural de paraguaios e descendentes residentes no Brasil por meio da difusão permanente da cultura e da língua Guarani. 3. Proporcionar espaços e contatos para os profissionais paraguaios das diferentes modalidades artísticas, dando-lhes a possibilidade de ter acesso ao rico circuito cultural brasileiro e, em contrapartida, oferecer a mesma oportunidade para brasileiros que queiram conhecer ou desfrutar da autêntica cultura paraguaia. 4. Defender a dignidade, a imagem e a história do Paraguai e dos seus descendentes perante situações discriminatórias, tratos pejorativos, piadas e chacotas que a mídia do Brasil vem produzindo constantemente. 5. Acionar a Polícia Federal contra criminoso que usam a internet para caluniar com comentários racistas que violem a Lei Nº 7.716/89: Art. 1° diz “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. Assim como o Art. 20° que diz “Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. El Núcleo en castellano: El Núcleo Cultural Guaraní "Paraguay Teete" nació en junio de 2009 en la ciudad de São Paulo, Brasil, de la mano de admiradores de la cultura guarani residentes en esta ciudad para difundir la rica cultura de la República del Paraguay. Entre los objetivos se encuentran: 1. Generar una imagen diferente de la que los brasileños tienen del país (entre otras ideas de que piensan que Paraguay se reduce a Ciudad del Este). 2. Fortalecer la identidad cultural del paraguayo y de sus desendientes residentes en el Brasil a través de la difusión permanente de la Cultura Guaraní resaltando siempre el idioma Guaraní. 3. Proporcionar espacios y contactos para los profesionales de las diferentes modalidades artísticas, dándoles la posibilidad de acceder al rico circuito cultural brasileño y a
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s